Portugal livre de petróleo

Portugal livre de petróleo

Entre 2011 e 2018 Portugal viveu na iminência de ver, na sua costa, plataformas de exploração de petróleo de Norte a Sul do país.

A PALP (Plataforma Algarve Livre de Petróleo) formou-se para sensibilizar a população dos riscos para a saúde, para o ambiente e para a economia que tal exploração traria e para travar o avanço da dita exploração.

Em 2018, o grande movimento nacional contra o petróleo viu finalmente cair as concessões que cediam a vários grupos multinacionais os direitos de prospecção e exploração de petróleo em águas Portuguesas, depois de um longo caminho de mobilização das populações, das empresas, das autarquias e do parlamento nacional, e de várias batalhas judiciais para impugnar os contractos de exploração assinados em 2011 pelo governo de Pedro Passos Coelho.

O Opina – Espaço de Divulgação Cultural juntou-se a este movimento, sendo voz activa na divulgação de informação sobre o tema, participando em certames como o Sustent’Algarve (Festival dedicado às energias renováveis e ao uso sustentável dos recursos naturais) e produzindo a meias com a Carripana Films, do talentoso João Rodrigues, o vídeo promocional da campanha de crowdfunding da PALP, campanha esta que pagou as despesas processuais da providência cautelar avançada pela PALP contra os contractos de exploração e que levou à sua suspensão.

Partilhamos abaixo o vídeo em questão narrado por Nuno Silva da RUA FM e apresentado pelo humorista Algarvio Môce dum Cabréste.