Artes & Cultura, Nas Asas da Poesia, Rubricas

Nas Asas da Poesia – A Paisagem Mudou

outono t

A temperatura desce

Os dias ficam pequenos

Mais roupa acresce

Nos nossos quotidianos.

 

A chuva aparece

As folhas caem

O verão desvanece

Menos as pessoas saem.

 

As cores mudam.

Alteram-se os cheiros.

As bebidas fumegam,

Nos fugazes encontros.

 

Época das castanhas,

Das avelãs e nozes,

Do sofá cheio de mantas,

De apetite de filmes vorazes.

 

A paisagem mudou

Para um tom monótono

Por fim ele chegou:

É o nosso outono.

Tânia Araújo

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s