Ambiente & Cidadania, Naturopédia, Rubricas

Naturopédia – Nº8, Camaleão do Mediterrâneo

Camaleão do Mediterrâneo (Chamaeleo chamaeleon) (LC – Pouco Preocupante)

Camaleão

O camaleão do mediterrâneo (Chamaeleo chamaeleon) é a única espécie da família dos camaleonídeos existente em Portugal, ocorrendo em território nacional apenas numa estreita faixa do litoral Sul Algarvio, sensivelmente de Vila Real de Santo António a Lagos.

É uma espécie arborícola, podendo ser encontrada nos pinhais e zimbrais que cobrem a costa Sul, nas dunas com vegetação, em jardins e em pomares. Normalmente um animal solitário nos seus hábitos, pode encontrar-se em grande densidade em zonas relativamente pequenas, compostas por não mais que uma meia dúzia de árvores.

Habitualmente lento a deslocar-se, faz uso da sua capacidade de mudar de cor para passar despercebido, habilidade que também favorece os seus hábitos predadores. Sendo capaz de projectar a sua língua a grande velocidade e distância, e com grande precisão, o camaleão é um insectívoro voraz, mas não exclusivo, podendo alimentar-se também de fruta. A língua extremamente adesiva e os olhos capazes de se moverem independentemente do seu par, aliados à camuflagem fazem do camaleão um eficaz predador de embuscada.

Camaleão 3

Apesar da espécie, de distribuição circum-mediterrânea, como um todo não se encontrar ameaçada, sendo classificada como em estado “Pouco Preocupante” pela IUCN, em Portugal a espécie é considerada “Em Perigo”, principalmente devido à fragmentação e isolamento das populações, e à destruição e diminuição da qualidade de habitat apropriado.

Entre 1990 e 2007 o habitat do camaleão, no Algarve, diminuiu à taxa de 11,63 hectares por ano, sendo o incremento de construção na faixa costeira Algarvia e falta de planeamento e preocupações ambientais, muitas vezes em zonas de santuário para esta e outras espécies, como as rias de Alvor e Formosa ou o sapal de Castro Marim e Vila Real de Santo António, responsável pela contínua e cada vez mais agravada fragmentação e isolamento das pequenas populações existentes em Portugal e a principal ameaça a esta espécie em território nacional.

Camaleão 2

De momento não existe qualquer plano ou projecto de conservação desta espécie em Portugal.

Links recomendados:

IUCN

ICNF

ARKIVE

Almargem

Nuno Soares

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s